Adoção do BIM no Programa Casa Verde Amarela do Governo Federal

Atualizado: 9 de set. de 2021


Créditos: Divulgação


A Portaria nº 959, instituída em 18 de maio de 2021, que dispõe sobre os requisitos para a implementação de empreendimentos habitacionais no âmbito da linha de atendimento “Aquisição subsidiada de imóveis novos em áreas urbanas”, integrante do Programa Casa Verde e Amarela, trouxe requisito adicional de desenvolvimento do projeto do empreendimento conforme a Modelagem da Informação da Construção ou Building Information Modelling (BIM). Cumprindo as normas técnicas brasileiras vigentes sobre o tema.


O requisito encontra-se na Tabela 3 “Requisitos de execução da obra”, item 3 “Execução da Obra”. Por se tratar de requisito adicional, não obrigatório, pode ser exigido mediante situações determinadas, como processos seletivos ou contratação de Protótipos de Habitação de Interesse Social, conforme instrumentos específicos.


Diante da sinalização da adoção dos processos BIM no Programa Casa Verde e Amarela, o BIM Fórum Brasil procurou saber um pouco mais sobre a estratégia traçada pelo Ministério do Desenvolvimento Regional. Em conversa com Rhaiana Santana, chefe de gabinete da Secretaria Nacional de Habitação (SNH) do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), foi externado que em um segundo momento, refletindo a estratégia BIM BR, será pensada uma adoção gradual acompanhando a evolução do mercado.


O MDR participa dos Grupos de Trabalho em BIM, integrantes da estratégia BIM BR, e tem atuado ativamente do GT de Capacitação.


Na oportunidade, Rhaiana convidou o BIM Fórum Brasil para participar da reunião de setembro do Grupo de Sustentabilidade, criado no início do ano no âmbito do PBQP-H, apresentando questões ligadas a empreendimentos mais sustentáveis.


A Portaria nº 959, de 18 de maio de 2021, pode ser acessada através do link: https://www.in.gov.br/web/dou/-/portaria-n-959-de-18-de-maio-de-2021-320687425