top of page

BFB e CBIC debatem ações estratégicas para superar as barreiras de avanço do BIM


Crédito: Divulgação CBIC


A Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) realizou, nesta terça-feira (21), o workshop “Ações estratégicas para superar as barreiras de avanço do BIM em construtoras e incorporadoras”, reunindo diversas entidades e empresas para debater os principais desafios em relação ao tema, incluindo o BIM Fórum Brasil.


A iniciativa, promovida pela Comissão de Materiais, Tecnologia, Qualidade e Produtividade (COMAT) da CBIC, visa fomentar o debate sobre o tema, visto que muitas empresas demonstram dificuldade em utilizar e avançar com a implementação do BIM, que trata a Modelagem da Informação da Construção.


O vice-presidente da CBIC, Eduardo Aroeira, afirmou que a CBIC tem consciência da necessidade e importância do BIM na qualidade dos projetos, desde a fase de planejamento, e destacou que o debate faz parte de mais um momento de evolução e de qualificação para a disseminação do tema. “O BIM não é só um desenho 3D, o potencial é muito grande e muitas vezes é subutilizado. Esse encontro é uma oportunidade para o desenvolvimento e o compartilhamento de ideias para implementarmos o BIM com mais qualidade”, disse.


Para o presidente do BIM Fórum Brasil, Rodrigo Koerich, um dos maiores desafios da indústria da construção é o avanço da digitalização. “O setor ainda caminha em um processo muito tradicional e manual. O debate junto à CBIC busca levantar ações estratégicas para que a entidade leve o BIM para todo o Brasil”, destacou. Pensando nos próximos passos, Koerich destacou a necessidade do compromisso das entidades para que os trabalhos sejam realizados com as ações integradas.


Neste sentido, o vice-presidente de Materiais, Tecnologia, Qualidade e Produtividade da CBIC, Dionyzio Klavdianos, disse que a CBIC foi precursora na disseminação do BIM e é muito importante a colaboração e parceria de todos para que se consiga ajudar as empresas de todo o Brasil, que já entenderam a importância do BIM e que, por alguma razão, estão tendo dificuldades e precisam ir além.


Ao longo do dia, o workshop, conduzido por Gabriel Gonçalves, gerente de BIM da Deloitte, retratou a visão dos segmentos mercado imobiliário e habitação de interesse social, obras industriais e corporativas e infraestrutura, reunindo especialistas e nomes importantes do setor.


Segundo Gonçalves, encontros como estes enriquecem o diálogo sobre o tema e impulsionam a disseminação de informações sobre a ferramenta. “É preciso pensar em uma gestão para uma mudança nas organizações e analisar como a cadeia produtiva pode se modernizar e ser mais eficiente. As empresas passam a ser mais produtivas e aumenta a competitividade do país. Para avançarmos, precisamos ter atenção quando a gestão da mudança, comunicação e integração”, disse.


Pelo BIM Fórum Brasil, também estavam presentes no evento a diretora executiva, Raquel Ribeiro, os conselheiros Rogério Suzuki, Erik Santos, Alessandra Beine, Ricardo Ferreira e Wilton Catelani, além do gestor de relacionamento e negócios, Hugo França.


Com informações da CBIC





Comments


bottom of page