top of page

BFB e entidades da indústria da construção unem forças para a retomada da Estratégia BIM BR


Crédito: Hugo França/BFB


Em agenda promovida pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), aconteceu, na manhã do dia 29.08, uma reunião com representantes de diversas entidades do setor da construção para discutir as expectativas em torno da retomada da Estratégia BIM BR. O encontro contou com a participação do BIM Fórum Brasil (BFB), que se disponibilizou, integralmente, para apoiar este desafio, reiterando que considera esse engajamento como parte da missão da instituição.

Pelo MDIC, o diretor do departamento de Desenvolvimento da Indústria de Bens de Consumo não Duráveis e Semiduráveis, Rafael Codeço, ressaltou a importância do BIM na melhoria da qualidade do setor de construção e sua influência em áreas como a nova Lei das Licitações, o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e o Minha Casa Minha Vida (MCMV). Destacou ainda o desafio de capacitar a administração pública para trabalhar com BIM e anunciou a atualização do decreto da Estratégia BIM BR, com objetivos ampliados, incluindo a industrialização da construção e a descarbonização, visando uma abordagem mais sustentável e tecnológica. Neste sentido, convocou as entidades engajadas na retomada para enviarem sugestões de atualizações, para que se possa alinhar e finalizar a redação do documento.

O presidente do BIM Fórum Brasil, Rodrigo Koerich, enfatizou o papel central da entidade na promoção do BIM nas diversas partes interessadas da indústria da construção e comemorou a retomada da Estratégia BIM BR como um passo importante para o avanço do setor. “As entidades estão engajadas nessa pauta da retomada. O MDIC não está sozinho. Todos aqui tem um histórico de ações relacionadas ao BIM, mostrando que podemos fazer um trabalho melhor, com mais experiência, articulação e conhecimento”, frisou ele, acrescentando que essa expertise das entidades será importante na atualização do decreto e nos desdobramentos da efetiva retomada da Estratégia BIM BR.

Também presentes à reunião, de forma presencial ou virtual, representantes de entidades como CBIC, Abrainc, CAU-BR, Abramat, SENAI, Sinicon, AsBEA, Sinaenco, Confea e Antac expressaram seu compromisso em promover o BIM em suas respectivas áreas e apoiar o MDIC na retomada. Dionyzio Klavdianos, da CBIC, ressaltou a necessidade de se partir do planejamento para a prática, deixando de lado os projetos pilotos e garantindo a ampla adoção do BIM, enquanto Marcia Haddad, da Abrainc, destacou a relevância do assunto para todas as empresas do setor e que, atualmente, na entidade, há a consciência da diversidade da maturidade das empresas e que é preciso trabalhar para o aumento da adoção do BIM, levando em conta esse cenário.


Pelo BIM Fórum Brasil, também participaram o vice-presidente, Humberto Farina, a diretora executiva, Raquel Ribeiro, e o gerente de relacionamento, Hugo França. Seus conselheiros Sergio Scheer, Eduardo Toledo, também estavam presentes, representando a Antac, assim como Erik Santos e Stefania Dmitrov, em nome do Sinicon e da Sinaenco, respectivamente.

A reunião demonstrou o comprometimento conjunto das entidades em trabalhar de forma colaborativa para impulsionar a adoção do BIM no Brasil. As discussões se concentraram em como a estratégia pode ser atualizada para melhor atender às necessidades atuais da indústria da construção e promover a inovação tecnológica, em consonância com as diretrizes do Conselho Nacional de Desenvolvimento Industrial (CNDI) e em continuidade ao programa Construa Brasil.

A retomada da Estratégia BIM BR ganhará impulso com a participação do BIM Fórum Brasil e de uma série de entidades representativas do setor. Com o decreto revisado previsto para ser finalizado em breve, o próximo passo será traçar planos de ação que façam com que o país avance em direção ao objetivo de efetivar uma transformação digital sustentável e inovadora na construção civil nacional.



Commenti


bottom of page