top of page

BFB entrega Manifesto de Apoio à Estratégia BIM BR ao vice-presidente Geraldo Alckmin


Crédito: CBIC


O presidente do BIM Fórum Brasil, Rodrigo Koerich, representando o BFB, a CBIC e mais 13 entidades signatárias, entregou, ao vice-presidente da República, Geraldo Alckmin, o “Manifesto de Apoio à Estratégia BIM BR”, durante o 97º Encontro Nacional da Indústria da Construção (ENIC), realizado ontem (12.12), em Brasília.


No ato da entrega do documento, foi destacada a importância da Estratégia BIM BR para impulsionar o setor e fazer a construção brasileira avançar para um cenário de maior eficiência, inovação e excelência.


"Precisamos construir muito e a tecnologia ajuda nesse objetivo, promovendo construções no prazo, com o custo esperado, com mais qualidade e respeitando os princípios de sustentabilidade. O MDIC vem fazendo um trabalho muito importante, com a retomada da Estratégia BIM BR, e queremos dar todo nosso apoio à cadeia da construção, para prosseguirmos com o crescimento do setor, através da digitalização", disse Koerich ao vice-presidente, acrescentando: "Aceite esse manifesto e mãos à obra. Vamos, juntos, implementar essas ações".

A Estratégia BIM BR visa criar, utilizar e atualizar modelos digitais de construções, de forma colaborativa, atendendo a todos os participantes do empreendimento ao longo do ciclo de vida do projeto. O marco temporal estabelecido para a adoção gradual do BIM pela Administração Pública prevê fases específicas, com a última etapa em 2028, integrando o uso do BIM em todas as etapas, desde projetos até operações.


O ENIC foi palco para a entrega do manifesto, que reforça a importância do Poder Executivo e do Congresso Nacional direcionarem o mercado para a adoção do BIM. A nova Lei de Licitações (Lei 14.133 de 2021) promoveu avanços no tema e incorporou o BIM, estabelecendo sua preferência nas licitações de obras e serviços de engenharia e arquitetura, fortalecendo ainda mais a posição do Estado brasileiro na promoção dessa tecnologia.


O manifesto expressa o compromisso das entidades signatárias, representando membros comprometidos da indústria da construção civil no Brasil. De acordo com o documento, o BIM é reconhecido como ferramenta essencial para a modernização das práticas construtivas, além de posicionar o país de maneira mais competitiva no mercado global da construção. “Ao dar total apoio à Estratégia BIM BR, as entidades se comprometem a promover ativamente a conscientização sobre seus benefícios e a importância de sua implementação”, destaca o documento.


O papel do BIM não apenas na modernização das práticas construtivas, mas também na melhoria da concepção, gestão e execução de projetos, promovendo uma abordagem mais eficiente e inovadora, é outro ponto ressaltado n manifesto. “O compromisso vai além da assinatura do manifesto; as entidades estão empenhadas em capacitar os profissionais do setor, apoiar iniciativas de formação e colaborar continuamente para o aprimoramento e disseminação do BIM na indústria da construção brasileira”, resume o documento. 


São signatárias do manifesto: a Associação Brasileira da Construção Metálica (Abcem); Associação Brasileira da Construção Industrializada de Concreto (Abcic); Associação Brasileira da Construção Leve e Sustentável (ABCLS); Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc); Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat); Associação Nacional de Fabricantes de Esquadrias de Alumínio (Afeal); Associação Nacional de Tecnologia do Ambiente Construído (Antac); Associação Nacional dos Fabricantes de Cerâmica para Revestimentos, Louças Sanitárias e Congêneres (Anfacer); Associação Brasileira dos Escritórios de Arquitetura (AsBEA BR); Associação Brasileira de Tecnologia para Construção e Mineração (Sobratema); Sindicato Nacional da Indústria da Construção Pesada-Infraestrutura (Sinicon); Sindicato da Arquitetura e da Engenharia (Sinaenco); e Confederação Federal de Engenharia e Agronomia (Confea).



Com informações da Agência CBIC

bottom of page