top of page

BFB promove Webinar com a Graphisoft para debater as vantagens do Projeto Integrado

Créditos: BFB


Na tarde de ontem (27.07), o BIM Fórum Brasil (BFB) realizou um webinar em parceria com a Graphisoft, com o objetivo de debater as vantagens e a dinâmica de aplicação do Projeto Integrado. Esse modelo permite a colaboração em tempo real entre engenheiros e arquitetos, trabalhando de forma conjunta em um mesmo modelo.

Com a mediação da conselheira administrativa do BFB, Stefania Dimitrov, o webinar proporcionou uma visão sobre a evolução dos processos de trabalho e como a sinergia entre engenheiros e arquitetos tem se tornado essencial para otimizar os projetos.

Durante as apresentações, realizadas pelos representantes da Graphisoft, o diretor administrativo Gustavo Carezzato, o gerente de produtos Carlos Cordeiro e o diretor de vendas Miguel Krippahl, foi destacado que, mesmo com a introdução do conceito do BIM, ainda existia uma separação entre o modelo físico do BIM e os modelos de análise, que eram desenvolvidos de forma independente. Essa abordagem resultava em um trabalho assíncrono entre as equipes, onde engenheiros e arquitetos pareciam não estar trabalhando em harmonia.

No entanto, o Projeto Integrado veio facilitar esse cenário, fomentando um ambiente de colaboração mútua. Fazendo uma analogia com uma corrida de revezamento, onde cada membro da equipe corre otimizando o tempo e aperfeiçoando as transições, no projeto colaborativo todos trabalham simultaneamente, alinhados em seus objetivos e estratégias, o que culmina em uma performance mais eficiente e um projeto totalmente otimizado.

Cordeiro demonstrou na prática como funciona o projeto colaborativo, destacando os desafios enfrentados hoje, como ferramentas incompatíveis com fluxos de trabalho multidisciplinares, isolamento dos fluxos por disciplina e incompatibilidade na transferência de informações relevantes.

De acordo com ele, através do modelo único do Archicad, o projeto integrado ganha vida, permitindo que diferentes disciplinas trabalhem em um mesmo modelo, com informações disponíveis para todos em tempo real. Isso cria um fluxo de trabalho unificado, facilitando a colaboração entre arquitetos e engenheiros estruturais.

O destaque da demonstração técnica foi o modelo SAF (Sistema de Acompanhamento de Fluxos), apresentando suas vantagens e a agilidade no gerenciamento de alterações em tempo real. Além disso, foram discutidas especificidades entre SAF e IFC, mostrando que ambos são openBIM.


O webinar foi importante para promover uma troca de conhecimentos e experiências entre os participantes, reforçando a importância da colaboração entre as disciplinas para alcançar projetos mais eficientes e bem-sucedidos.

Para conferir a íntegra deste debate, acesse aqui.


Comments


bottom of page