top of page

BIM Fórum Brasil intensifica parcerias estratégicas para impulsionar a adoção do BIM no país

Créditos: BFB


Em uma agenda estratégica realizada em Brasília, de 10 a 13 de julho, o presidente e a diretora executiva do BIM Fórum Brasil, Rodrigo Koerich e Raquel Ribeiro, reuniram-se com especialistas e autoridades para discutir importantes parcerias e ações, visando impulsionar ações estruturantes para a missão de ampliar a adoção dos processos BIM em todo o país.


Iniciando a série de reuniões, Koerich esteve com o secretário Uallace Moreira Lima, do Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC), que compartilhou o andamento da retomada da Estratégia BIM BR, ponto essencial para a disseminação do BIM em todo o Brasil.


“Seremos parceiros nessa retomada, auxiliando na atualização e revisão dos itens da estratégia, além de propor ações que impulsionem a adoção do BIM de forma abrangente. Nossa expectativa é desenvolver estratégias de adoção do BIM em larga escala, contribuindo significativamente para a modernização do setor de construção no país", declarou o presidente do BFB.


Ainda durante a agenda, o BFB se reuniu com representantes do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) para discutir o plano de implementação do BIM em projetos da autarquia. Na ocasião, Koerich e Raquel colocaram o BFB à disposição para apoiar tecnicamente e ser um articulador desta iniciativa e ficou acordada a referida parceria, cuja primeira ação conjunta será estruturar fluxos de trabalho para testar o uso do BIM em projetos pilotos em alguns municípios, desde a solicitação ao repasse dos recursos, englobando todas as etapas do processo e a identificação de parceiros estratégicos para acelerar a implementação.


O BFB também discutiu parcerias com outras importantes instituições, visando ampliar o alcance das ações de fomento ao BIM. A Secretaria Nacional de Habitação (SNH) relatou que já possui três projetos pilotos em andamento utilizando o BIM no Programa Minha Casa Minha Vida (PMCMV), para os quais o BFB se comprometeu a acompanhar e apoiar, considerando a possibilidade de incentivos mais amplos ao uso do BIM no programa e no âmbito do PBQP-H.


O encontro com representantes do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea) também trouxe boas perspectivas. A entidade manifestou que irá intensificar as iniciativas de apoio às propostas do BFB e se colocou à disposição para colaborar com as ações de avanço da Estratégia BIM BR no país.


Outras entidades, como o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), a Infra S.A. e a Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) também estiveram com o BFB, acordando apoio nas iniciativas em andamento e um estudo interno das partes na identificação de ações conjuntas para ampliar a disseminação do BIM nas diversas partes interessadas no setor da construção.


Com a união de esforços entre o BFB e essas instituições, a expectativa é impulsionar a adoção do BIM em empreendimentos das mais diversas áreas, em todo o Brasil. O esforço é para cumprir o compromisso de promover a modernização do setor da construção civil, através da disseminação de novos processos, tecnologias e práticas construtivas, visando um futuro mais sustentável e eficiente para o país.




Comments


bottom of page