BIM no Programa de Investimentos da Aviação Regional da SAC


Créditos: Acervo BFB


O evento realizado no dia 14 de outubro, pelo BIM Fórum Brasil, apresentou os avanços da implantação do BIM e a transformação digital no Programa de Investimentos na Aviação Regional da Secretaria Nacional de Aviação Civil (SAC/Ministério da Infraestrutura), um dos programas pilotos da Estratégia BIM BR. Eduardo Toledo, Conselheiro Interino do BFB, comandou o evento que teve como convidados Eduardo Bernardi, Diretor de Investimentos e Marcio Maffili, Coordenador-Geral de Projetos Aeroportuários.


Eduardo Bernardi iniciou com a divulgação da publicação, ocorrida no dia 01/10, da revisão do Manual de Projetos Aeroportuários, parceria com o Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA). O Manual orienta sobre as diretrizes e requisitos para a elaboração de projetos de aeroportos com participação direta ou indireta da Secretaria Nacional de Aviação Civil - SAC, do Ministério da Infraestrutura, ou seja, servirá como orientação técnica detalhada para projetistas, gestores e fiscais municipais e estaduais. Eduardo destacou que o Manual teve incorporadas à sua nova versão, e ao longo do documento, orientações quanto ao uso de processos BIM.


Na sequência, Marcio Maffili compartilhou as experiências vivenciadas no processo de adoção do BIM em projetos dos aeroportos regionais e na edição do recém-publicado Manual. A jornada começou em 2012, quando começaram as tratativas entre a SAC e o Banco do Brasil para a contratação de até 270 estudos e anteprojetos em BIM. O contrato foi assinado em 2013. Em 2016 começaram a ser concluídos os primeiros Anteprojetos e em 2017 houve a diversificação da carteira de investimentos. Neste caminho, em 2021, Marcio destacou a importância da publicação da Lei nº14.133 de Licitações e Contratos, da participação da SAC na Comissão de Estudos da ABNT de Modelagem de Informação da Construção – CEE-134, da publicação do Manual de Projetos Aeroportuários e da Instrução Normativa nº 01/2021 que regulamentou o repasse de recursos aos estados e municípios e o enquadramento dos projetos que devem adotar a metodologia BIM. A Secretaria tem trabalhado acompanhando e orientando os municípios para que os projetos contratados em BIM sejam produzidos com qualidade, facilitando as aprovações.


Marcio ressaltou que para a adoção do BIM na SAC foi importante a realização de um diagnóstico, feito pela Recepeti (Rede Catarinense de Inovação), para identificação da maturidade BIM e dos desafios a serem enfrentados. Os desafios apontados foram: equipe reduzida, necessidade de aspectos operacionais, capacitação, melhorias na infraestrutura computacional e de softwares, adequação de processos a ISO 19650 e estabelecimento de um ambiente comum de dados. A Maturidade BIM foi menor que 50% nas 4 dimensões: pessoas, processos, procedimentos e normas, infraestrutura. Com base nos resultados do diagnóstico estão trabalhando para evoluir em cada uma das dimensões, por exemplo com a contratação de capacitação BIM para os Gestores, investimento em infraestrutura, entre outros. Importante destacar o que já foi realizado: a criação de um Núcleo BIM para integrar as pessoas dos diferentes departamentos da Secretaria e MINFRA e a utilização de sites para os projetos, utilizados como CDE, para comunicação da projetista com a fiscalização do estado e com a Secretaria, que acompanha as entregas.


Também como resultado do diagnóstico, foram definidos os Objetivos Estratégicos da implantação do BIM na Secretaria Nacional de Aviação Civil - SAC: expandir a base de informações de projetos aeroportuários, facilitar a interpretação e comunicação no projeto, garantir a coordenação das disciplinas do projeto, aumentar a acurácia dos orçamentos de obras, desenvolver o planejamento de obras de forma mais realista, aprimorar a qualidade no atendimento à requisitos normativos de projeto.


Hoje o programa de Investimento na Aviação Regional chega a R$1,5 bilhões, 50% dos recursos investidos são em projetos BIM. No total são 20 projetos em BIM em 14 estados.


Eduardo Toledo iniciou o debate anunciando que o BIM Fórum e a SAC estão trabalhando para formalizar uma parceria: “Muito bom saber que poderemos colaborar e cooperar também nestas ações”.


Participaram também do debate Leila Pires, Coordenadora na Secretaria Nacional de Aviação Civil – SAC, Adriana Rolim, Chefe de Divisão, Isabella Pozzeti, Analista de Infraestrutura.


O evento está disponível no canal do YouTube do BFB. Assista em:

www.youtube.com/c/BIMForumBrasil/


Para mais informações sobre o Manual de Projetos Aeroportuários acesse o site do Governo Federal: https://lnkd.in/dSRBPBwh


A SAC disponibilizou um canal para envio de contribuições, correções e melhorias para o Manual de Projetos Aeroportuários. Acesse: https://forms.office.com/pages/responsepage.aspx?id=ahzwe_vmGkK7srkMPqho933GAs0ETVNCibHisECZloxUMjg3VzA5RTdBU0RCSjM5M1hUSFNSVFZPOC4u