top of page

buildingSMART Brasil na pauta de evento sobre evolução do BIM


Crédito: Divulgação


Na última sexta-feira (20.10), o presidente do BIM Fórum Brasil, Rodrigo Koerich, participou do 2º BIM Summit Brasil, compartilhando informações importantes sobre a buildingSMART Brasil. O evento, que teve como tema geral "A evolução do BIM na AECO", é a versão brasileira do European BIM Summit e é uma resposta ao crescimento exponencial da implementação do BIM no mercado brasileiro, sendo resultado da parceria entre as organizações Offsite Hub Brasil Soluções & Inovações (OHB), BIM Academy España, Grupo AJ e SEBRAE-MG.

Em sua apresentação, Koerich compartilhou uma visão abrangente sobre a buildingSMART Internacional, destacando sua missão de padronizar processos e fluxos de trabalho para openBIM, o que, segundo ele, está alinhado com a Estratégia BIM BR do Brasil, que também tem foco no uso de padrões neutros de interoperabilidade.

Na sequência, falou sobre a aprovação do capítulo brasileiro da buildingSMART, afirmando que, para que tome fôlego, há o desafio de sensibilizar o mercado e promover a participação ativa dos interessados. “A relação complementar entre o BIM Fórum Brasil e a buildingSMART Brasil busca fortalecer o país na vanguarda da padronização”, disse ele.

Uma das vantagens dessa colaboração, disse ele, é a acessibilidade aos recursos e conhecimentos globais, sem os altos custos associados à adesão direta ao capítulo internacional da buildingSMART. “Ao se juntar ao BIM Fórum Brasil, o associado terá acesso direto às ações e benefícios da buildingSMART Brasil”, explicou ele, acrescentando que a estruturação do capítulo, a definição dos domínios nos quais atuará, a captação de novos membros e a articulação de parcerias são as etapas que estão em andamento.

Rodrigo Koerich encerrou sua apresentação no 2º BIM SUMMIT BRASIL incentivando todos os interessados a participar ativamente desse movimento e a contribuir para a expansão e consolidação da influência da buildingSMART Brasil no setor AECO do país.

Lançamento do Projeto Cidades Tecnológicas

No mesmo evento, Koerich participou do lançamento do Projeto Cidades Tecnológicas, capitaneado pela Câmara Brasileira de BIM (CBIM), que visa promover o desenvolvimento sustentável e aprimorar a qualidade de vida nas cidades brasileiras, por meio da aplicação de tecnologias digitais, com ênfase em BIM e em cidades inteligentes. A iniciativa tem o apoio do BIM Fórum Brasil e de outras entidades, como a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Mobilidade - SEINFRA e do Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais - DER-MG, assim como do Sebrae-MG.


Atualmente, o projeto está em fase de diagnóstico, realizando pesquisas relacionadas ao BIM e Cidades Inteligentes, em 5.570 municípios brasileiros, com divulgação dos resultados prevista para o primeiro semestre de 2024. A ideia é avaliar o cenário de aplicação do BIM para contribuir com soluções na construção de cidades mais eficientes, conectadas, sustentáveis e humanas.

"Essa pesquisa de maturidade BIM nos municípios é importantíssima para traçar ações assertivas. No BIM Fórum Brasil, por exemplo, fizemos uma pesquisa neste sentido e entrevistamos mais de dez mil profissionais, o que nos mostrou os gargalos encontrados, ajudando a direcionar estratégias dentro da nossa missão. Reitero aqui nosso apoio para que esta pesquisa da CBIM seja um sucesso", concluiu Koerich.


















Comments


bottom of page