O uso do BIM no gerenciamento e fiscalização de obras

*As informações e conteúdos apresentados a seguir são de responsabilidade do associado e não necessariamente correspondem à opinião do BFB.


Créditos: Acervo Sondotécnica


Projetar, planejar e executar uma obra é um processo longo e, muitas vezes, cercado de percalços. Para solucionar e prevenir problemas comuns em construções como incompatibilidades entre os diferentes projetos, gastos não previstos e atraso no cronograma, empresas têm se utilizado de procedimentos e tecnologias. Pioneira no uso do BIM no Brasil, a Sondotécnica emprega em todos os projetos que desenvolve e está prestes a iniciar o gerenciamento da fase de construção de um projeto modelo concebido 100% dentro do ambiente BIM: o empreendimento Residencial Esmeralda, localizado no bairro Jardim Esmeralda, Zona Oeste de São Paulo. A obra, idealizada pela Secretaria Municipal de Habitação, reúne três condomínios residenciais, com cinco edifícios de 11 andares cada.

“Com o uso do projeto em BIM em óculos de realidade virtual, foi possível vistoriar a obra antes mesmo de ela ser iniciada. Utilizar o BIM previne e evita imprevistos ao longo da obra, já que integra diversos projetos que servem às diferentes áreas envolvidas. Reuni-los em um mesmo ambiente nos permite comparar informações durante todas as etapas e averiguar se um projeto está interferindo no outro. Dessa forma, a obra fica mais previsível”, ressalta o engenheiro de Obra e Planejamento da Sondotécnica, Weber Kith Agostinho.

Por meio de um pool de softwares BIM, todas as áreas inerentes ao projeto podem fazer suas contribuições e inserções de informações. Também é possível, a qualquer momento, realizar um clash detection (detecção de conflitos) para averiguar e prevenir inconsistências de projeto e execução, como a sobreposição não prevista de dois elementos na mesma área. Os procedimentos BIM envolvem também a detecção de possíveis problemas de entrega ou cronograma até mesmo de orçamentação. Com isso, os profissionais conseguem identificar incompatibilidades e corrigi-las sem prejuízo à obra.

O BIM é inovação e ajuda no progresso da sociedade.